Vamos Trabalhar? Vagas de Emprego para “jovens” acima dos 60 anos. - SOM DO MEU TEMPO

Destaque

Home Top Ad

Post Top Ad

11.1.19

Vamos Trabalhar? Vagas de Emprego para “jovens” acima dos 60 anos.


A busca por emprego no Brasil está difícil, principalmente entre as pessoas da terceira idade. Aos olhos de algumas empresas, ter experiência e idade acima de 60 anos não são pontos favoráveis no processo seletivo. A boa notícia é que algumas companhias oferecem oportunidades exclusivas para pessoas mais velhas. Confira dicas de como encontrar vagas de emprego e aumente as suas chances de voltar ao mercado de trabalho este ano.

As gerações anteriores sentem dificuldades de se inserir no mercado de trabalho. Geralmente, a maior oferta de vagas é destinada a profissionais com idade entre 18 e 55 anos, mas esse cenário vem sendo alterado nos últimos anos, já que a população idosa apresenta cada vez mais vitalidade e capacidade em aprender novas atividades.

Algumas empresas contam com programas de inclusão, onde parte das vagas são preenchidas exclusivamente por trabalhadores com mais de 60 anos. O objetivo é aumentar as oportunidades de retorno ao mercado de trabalho para profissionais nessa faixa etária e diminuir o número de idosos com baixa renda.

Antes de iniciar a pesquisa por emprego, seja pela internet, nos jornais ou de porta em porta, o trabalhador mais velho deve entender a situação do mercado de trabalho e como as empresas enxergam os profissionais idosos.




Profissionais com mais de 60 anos no mercado

De acordo com uma pesquisa do Datafolha, pessoas que pertencem a uma faixa etária mais avançada estão procurando emprego com mais frequência. Entre 2007 e 2017, a busca por trabalho entre brasileiros com 60 anos ou mais saltou de 20% para 26%.


Com base nos dados do RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), a presença dos profissionais com idade entre 50 e 64 anos no mercado formal também aumentou: foi de 10,5% para 16,5% do total de contratados. Em contrapartida, a fatia de trabalhadores jovens, com idade entre 18 e 24 anos, encolheu: passou de 19% para 13,8%.

A situação é um pouco mais difícil para quem passou dos 65 anos. De acordo com uma pesquisa realizada pela FGV junto com a consultoria PWC, pessoas com essa faixa etária representam apenas 1% do quadro de colaboradores das empresas brasileiras.

Ainda segundo esse levantamento, os empregadores acreditam que 69% dos profissionais que estão na terceira idade não se adaptam facilmente às mudanças e 63% são considerados “acomodados”, pelo fato da aposentadoria estar chegando.

Os brasileiros estão vivendo mais, por isso o envelhecimento da força de trabalho é um processo natural. A maioria das empresas, no entanto, não tem preparo para receber pessoas mais velhas na equipe. Também chegam a questionar o custo elevado da experiência de determinados profissionais com mais de 60 anos.

Segundo o levantamento da FGV e da PWC, as companhias precisam se adaptar o quanto antes. Estima-se que, até 2040, as equipes de colaboradores serão compostas principalmente por pessoas com mais de 45 anos.

Os desafios dos profissionais mais velhos nas empresas

Os profissionais mais velhos enfrentam algumas dificuldades no mercado de trabalho. Na visão das empresas, o maior problema é a falta de flexibilidade e adaptação às mudanças. Lidar com novas tecnologias, manter-se atualizado com as exigências do mercado e conviver com líderes mais novos também são pontos difíceis para quem tem mais de 60 anos e ainda trabalha.

As empresas, por sua vez, precisam colocar em prática políticas de recrutamento para idosos e reconhecer os benefícios desse tipo de contratação (que são muitos). Algumas companhias já têm percepções positivas sobre ter idosos nas equipes. Elas acreditam que os trabalhadores maduros são mais confiáveis, organizados, fiéis, comprometidos, pontuais e possuem conhecimentos mais úteis.

Entendendo o perfil dos trabalhadores maduros

Os profissionais com mais de 60 anos que permanecem ativos não querem trabalhar exaustivamente na “melhor idade”. Na verdade, eles buscam um equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Também demonstram interesse por jornadas flexíveis e até mesmo na opção de home office.

Com o passar dos anos, habilidades como memória e velocidade de raciocínio ficam comprometidas. No entanto, os idosos que ainda estão no mercado de trabalho possuem bom desempenho em profissões que envolvem experiência gerencial e capacidade de comunicação.

Pessoas com mais de 60 anos possuem competências diferenciadas, que contribuem com o sucesso das empresas. Em geral, elas têm mais equilíbrio emocional, além de boa capacidade para fazer diagnósticos e resolver problemas. Aliás, incluir os mais velhos no time também é uma estratégia para complementar as habilidades dos trabalhadores mais jovens.

Qual o papel das empresas?

Ao incluírem profissionais idosos no quadro de colaboradores, as empresas devem prezar pela qualidade de vida e saúde dessas pessoas. Para tanto, é necessário oferecer plano de saúde especial, incentivar a prática de atividades físicas e até mesmo proporcionar check-up anual para prevenir doenças. Ainda há pouco investimento nesses pontos, pelo menos foi essa a constatação da pesquisa feita pela FGV junto com a PWC.

Por mais que os profissionais idosos tenham limitações, eles não devem ser simplesmente descartados. As empresas devem aproveitar ao máximo o potencial técnico dessas pessoas experientes. Uma boa forma de fazer isso é através das atividades de mentoring, ou seja, a transmissão de conhecimentos para profissionais mais jovens.

Oferta de vagas de emprego para terceira idade

As vagas de emprego para idosos 2019 são uma ótima oportunidade para quem deseja retornar ao mercado de trabalho e consequentemente, conquistar uma renda digna. A oferta acontece em todos os estados do Brasil e é mais frequente em empresas de grande e médio porte.

Os cargos diferem de acordo com o ramo de cada empresa e incluem diversos tipos de vagas. Como em qualquer outro tipo de admissão, são realizadas avaliações psicológicas e de saúde, para constatar a capacidade em desempenhar determinados tipos de atividades e não permitir que a função prejudique a saúde do trabalhador.

Vale ressaltar que idosos que se aposentaram por tempo de serviço ou idade, também podem concorrer as vagas. Conforme previsto em lei, os aposentados que desejam continuar no mercado de trabalho exercendo atividade remunerada, tem os mesmos direitos de qualquer outro trabalhador registrado sob regime CLT. Os aposentados devem continuar contribuindo com a Previdência Social mensalmente, mas nenhum recalculo da aposentadoria é feito, a não ser que o trabalhador solicite a desaposentação por meio de uma ação judicial.

Dicas para conseguir emprego na melhor idade

1 – Mantenha-se atualizado

Busque por vagas de emprego que exigem atividades que você já possui experiência. Para aumentar as chances de ser contratado, mantenha-se atualizado, invista em cursos relacionados a área desejada.

2 – Cuide da Saúde

Essa é a mais importante das dicas para conquistar um emprego após os 60 anos, isso porque as empresas analisam as condições físicas de todos os candidatos e contratam apenas aqueles que apresentam total capacidade em desempenhar a função, especialmente se for na área de construção civil, manutenção, produção, cozinha e limpeza.

3 – Conhecimento em informática

O uso do computador é indispensável em todos os setores das grandes empresas, se o objetivo for ingressas em funções ou cargos desempenhados em escritórios, é fundamental se familiarizar com as máquinas. Saber como construir gráficos e planilhas é um dos principais requisitos para preencher esses tipos de vaga.

4 – Onde cadastrar currículo

Além das vagas ofertadas e sem limite de idade, busque por empresas que possuem programas de inclusão de idosos. O Grupo Pão de Açúcar é uma delas, a rede de supermercados conta com vagas exclusivas para profissionais com idade superior a 55 anos, os interessados podem se candidatar às vagas na página GPA Currículos.

Além do GPA, outras empresas contam com programas de recrutamento para pessoas mais velhas, como é o caso da companhia aérea Gol e da prestadora de serviços Telehelp. O grupo DPSP, que cuida das drogarias São Paulo e Pacheco, também têm políticas exclusivas para contratar pessoas com mais de 50 anos de idade.

3 – Conte com a ajuda de plataformas

Os sites de emprego facilitam a vida dos profissionais mais velhos, porém, é preciso saber como utilizar essas plataformas corretamente. Uma boa dica é acessar a página MaturiJobs, um serviço online exclusivo para profissionais maduros (com idade acima de 50 anos). Esse site é um dos melhores lugares da internet para encontrar vagas de emprego para idosos 2019.

Outras plataformas também reúnem boas oportunidades para profissionais que estão na terceira idade, como é o caso do Info Jobs, Vagas.com e Catho.

4 – Use o portal Emprega Brasil

O Portal Emprega Brasil, mantido pelo Ministério do Trabalho, reúne oportunidades de trabalho em todo o país. Algumas empresas não colocam limite de idade para as vagas, o que aumenta consideravelmente as chances dos profissionais mais velhos.

5 – Tenha um perfil no LinkedIn

Todo profissional, independente da idade, deve ter um perfil no franquias para abrir na aposentadoria. Essa rede social permite ampliar a rede de contatos na área de atuação e também reúne oportunidades de trabalho, publicadas pelas empresas. O próprio buscador da plataforma, intitulado de franquias para abrir na aposentadoria, é uma poderosa ferramenta na busca por vagas de emprego para idosos.

6 – Use o Google Jobs

Você só precisa digitar “emprego na terceira idade” no buscador do Google e pronto. Um sistema de inteligência artificial vai apresentar os melhores resultados, com base na localização, data de publicação da vaga e interesses do usuário. As oportunidades são selecionadas a partir de uma busca nos principais sites de emprego do Brasil.

7 – Abrir o próprio negócio pode ser uma opção

Quem não consegue voltar ao mercado de trabalho formal pode empreender na terceira idade. Segundo dados do IBGE, a quantidade de empreendedores com idade entre 50 e 59 anos aumentou de 3,5 milhões em 2002 para 5,5 milhões em 2014.

Há muitas opções de negócios, inclusive para trabalhar online. Já os idosos que têm dinheiro guardado devem considerar as franquias para abrir na aposentadoria. Esse tipo de negócio é rentável e já conta com um modelo pronto.

Aproveite as oportunidades que serão abertas ao longo de 2019 e cadastre o seu currículo.

fonte: viacarreira.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad